home
Equipe   |   Sobre a Rádio Bandeirantes   |   Podcast   |   Fale Conosco     
Notícias      Colunistas       Fotos       Especiais       Programação       Escola Voluntária       Comercial
     Política   |   Economia   |   Esportes   |   Saúde   |   Outras Notícias

FALE COM A RB


RB NO CELULAR

Saiba mais

PROGRAMAS
  90 Minutos
  Antenados
  A Caminho do Sol
  Arquivo Musical
  Bandeirantes Acontece
  Bastidores do Poder
  Chansons D`Amour
  Concentração
  Domingo Esportivo Bandeirantes
  Esporte em Debate
  De Primeira
  Esporte Notícia Internacional
  Fôlego
  Jornal de Amanhã
  Jornal Gente
  Jornal Primeira Hora
  Memória
  Na Estrada
  O Pulo do Gato
  Pole Position
  Rádio Livre
  RádioDoc
  RB News
  Resenha, Futebol e Humor
  Sábado de Classe
  Terceiro Tempo
  Você É Curioso?
» Terça-feira, 15 de dezembro de 2015 - 12h53
Ex-presidente do São Paulo, Carlos Miguel Aidar, afirma que se arrependeu de ter renunciado
Em entrevista exclusiva ao Esporte em Debate, Carlos Miguel Aidar, ex-presidente do São Paulo, afirmou que se arrependeu de ter renunciado.

O mandatário acredita que não precisa provar sua inocência, mas se considera traído por Ataíde Gil Guerreiro.

"Só um diretor eu convidei com antecedência antes da minha eleição e foi o Ataíde. Dois meses antes de ser diretor, ele já tinha minha confiança. Mas que depois, esse mesmo diretor vem com um gravador escondido e grava uma conversa induzida por ele, para mim isso é algo desprezível", ressalta.

Aidar também criticou a influência de algumas pessoas na gestão do atual presidente Leco, entre eles o empresário Abílio Diniz.

Quanto ao áudio que culminou com a saída dele do SPFC, o ex-dirigente desacredita que será divulgado.

O processo de ética do clube prevê o sigilo do conteúdo, com isso apenas a decisão do Conselho virá a público, por meio de um relatório.

Ouça a entrevista na íntegra!


Ouça agora
Download